terça-feira, setembro 11, 2007

7 de setembro


Os olhos diesel vermelhos

que ele é um crack da cola

não tem escolha o menino

nem escola

a infancia em fumaça, presa

verdes anos em veneno

vida baldia, terreno minado

merenda embalada em saco de lixo

em bandos vão , bichos

As pernas magrelas dobradas

agachados,conferência

desafiando omissão

debochando da decência

fazem tremer a madame

enervam o guarda civil

gargalhada pueril

é tosse que lacrimeja

por olhos diesel vermelhos


Um comentário:

vanessa disse...

É verdade Bani,essa é a dura realidade de muitas crianças do nosso Brasil.Infelizmente esta situação deprime e degrada um país que está enquadrado no rol dos países em desenvolvimento e candidato a ser uma das maiores potências econômicas do mundo capitalista. Pelos dados estatísticos observa-se, na realidade,uma diminuição desta carência no nosso país,o que diverge e muito do que observamos nas ruas...É de fato uma lástima.
Como sempre arrasou Bani.Um forte abraço.