segunda-feira, agosto 27, 2007

Coral

Colore o cenário e os cílios

Carrega os filhos e as cores

Coral

Marcenaria e ilha

Cara e coroa

Coral

Segredo de um sucesso

Apenas mais um, que se cora

Coral

Garganta a pleno vapor

Em águas de sulfura pura

Coral

Cantando no fundo do mar

Rasgando as peles em pranchas

Coral

Alimento nas marés

Tropeção para os banhistas

Coral

Harmonia em profusão

Nas águas da convivência

Coral

Alegria e mais alegria e mais alegria e embevecimento vocal

6 comentários:

vanessa disse...

Querido Bani,que bom poder me deliciar com mais um post seu!já estava anciosa...um forte abraço!

João Bani disse...

Obrigado Vanessa. Fui neste fim de semana a São Lourenço, MG, tocar com um coral formado por funcionários de bastidores da TV Globo, regido pelo Maestro Edu Morelenbaun, e voltei com essas idéias aí...rsss
abração!

Jorge disse...

Fala João ! Muito legal teu blog, mano. Criativo e sensível ao que é relevante . Fui no seu verbete no dicionário Cravo Albin e descobri que vc compõe já não é de hoje, gostei do poema Coral. Mas rapaz ! nessa viagem me mostre mais coisas !!!!
Abs Jorge Vercilo

Rodrigo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
João Bani disse...

Valeu pela visita , campeão.

Eu tenho escrito algumas crônicas, etc, mas resolvi voltar a escrever num formato mais de poesia, letra, espontâneamente, de novo. Compus algumas coisas com parceiros, e tenho outras de autoria individual. Sempre me limitei por achar que deveria estudar harmonia e um instrumetno harmônico para me ajudar a compor. Não fazia uma coisa nem outra, e empacava.. É engraçado que fico com as palavras, a melodia e a harmonia na mente, mas não sei transpor os acordes nem dizer seus nomes.."São Band in a Box" tem me ajudado...rsssss
Tenho um exemplo de como aprimorar a escrita e a composição no que você diz e faz, que é preciso fazer muitas, muitas músicas mesmo, compor sempre.Grande dica, craque . Vejo que nem tudo que se componha vai nos agradar, mas é preciso que sejamos sempre "cavalos" da inspiração, senão ela nos larga a pé no terreiro da arte...

grande abraço, até a viagem

João Bani.

Luiz Alberto Machado disse...

Olá, Bani, sempre muito bom e maravilhoso seu espaço. Estarei indicando nas minhas páginas.
Quando puder confira as novidades nas seções Guia de Poesia, Tataritaritatá, Música, Blogs, enfim, tudo isso na minha home page abaixo. Vou adorar sua visita e comentários.
Beijabrações, bom final de semana & tataritaritatá!!!
www.luizalbertomachado.com.br